terça-feira, 30 de outubro de 2012

Falecidos, não mortos



Ter, 30 de Outubro de 2012 11:30 por: cnbb

Dom Fernando Arêas Rifan
Bispo da Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney

No próximo dia 2 celebraremos a memória dos fieis defuntos, dos nossos falecidos, daqueles que estiveram conosco e hoje estão na eternidade, os “finados”, aqueles que chegaram ao fim da vida terrena e já começaram a vida eterna. Portanto, não estão mortos, estão vivos, mais até do que nós, na vida que não tem fim, “vitam venturi saeculi”. Sua vida não foi tirada, mas transformada. Por isso, o povo costuma dizer dos falecidos: “passou desta para a melhor!” Olhemos, portanto, a morte com os olhos da fé e da esperança cristã, não com

Todos os Santos



Ter, 30 de Outubro de 2012 08:03 por: cnbb

Dom Pedro Carlos Cipolini
Bispo de Amparo (SP)
Dia primeiro de novembro comemora-se o dia de todos os santos. A santidade fascina e atrai, como o mel atrai a abelha. Todos sabem que santo é quem encontrou o caminho da felicidade verdadeira no meio das contradições da vida.

A Bíblia ensina só Deus é santo. Ele, porém, comunica a santidade, é um Deus santificador, deseja um povo santo: “Sede santos, porque eu sou santo”(Lv. 19,2;20,26). A santidade de Jesus é idêntica à de seu Pai Santo (Jo 17,11). Jesus santifica os cristãos pela força do Espírito Santo. Ele recomenda: “Sede perfeitos como vosso Pai celeste é perfeito” (Mt. 5,48). Portanto, a santidade é

Dia de Finados


Seg, 29 de Outubro de 2012 07:53 por: cnbb

Dom Pedro Brito Guimarães,
Arcebispo de Palmas (TO)
“Esta é a morada de Deus-com-os-homens. Ele vai morar junto deles. Eles serão o seu povo, e o próprio Deus-com-eles será seu Deus. Ele enxugará toda lágrima dos seus olhos. A morte não existirá mais, e não haverá mais luto, nem grito, nem dor, porque as coisas anteriores passaram” (Ap 21,3-4).

Aproxima-se um dos dias mais emblemático de todo calendário civil e religioso: o dia de finados - dia de sentimento de perda e de saudade, dia de recolhimento, de silêncio e de

Ter, 30 de Outubro de 2012 09:35 / Atualizado - Ter, 30 de Outubro de 2012 11:23 por: cnbb

Entre os dias 29 e 31 de outubro, acontece na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília, a última reunião ordinária de 2013, dos membros do Conselho Permanente. O grupo é composto pela Presidência da CNBB, pelos 12 bispos que estão nas presidências das Comissões Episcopais de Pastoral, e pelos presidentes de cada um dos 17 Regionais da CNBB. Na pauta da reunião, diversos temas como a Assembleia Geral dos Bispos da CNBB de 2013, a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), entre outros.

“O Conselho Permanente da CNBB é a

Conselho Permanente da CNBB


Ter, 30 de Outubro de 2012 11:20 por: cnbb

Teve início na manhã desta terça-feira, 30 de outubro, a 79ª Reunião Ordinária do Conselho Permanente (CP) da CNBB. O encontro segue até o dia 1º de novembro, com uma extensa pauta de trabalho para os seus participantes: Presidência da entidade, Presidentes das Comissões Episcopais Pastorais e Especiais e Presidentes dos 17 Regionais.

O principal ponto de discussão será a pauta da 51ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, que será realizada em abril de 2013, em Aparecida (SP). Já a primeira sessão desta manhã tratou da análise de

"O Brasil sem Miséria"


Ter, 30 de Outubro de 2012 15:16 / Atualizado - Ter, 30 de Outubro de 2012 15:27 por: cnbb

Na tarde do dia 30 de outubro esteve presente na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, em Brasília, a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello. A ministra falou aos membros do Conselho Permanente sobre o plano 'Brasil sem Miséria’, que tem o objetivo de

Mensagem do Sínodo


Seg, 29 de Outubro de 2012 13:33 por: cnbb

Cardeal Odilo Scherer
Arcebispo de São Paulo (SP)

A 13ª Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos foi concluída em Roma no Domingo, 28.10, com a Missa celebrada pelo Papa Bento 16 na Basílica de São Pedro, concelebrada pelos Cardeais, Bispos e Padres participantes do Sínodo. Foram 3 semanas de intensos trabalhos, que revelaram mais uma vez a imensa riqueza espiritual e humana da Igreja,  na unidade de sua mensagem e missão e na variedade de suas expressões locais.

A Assembleia sinodal produziu um grande volume de depoimentos, reflexões e testemunhos, sintetizadas nas 58 “Propostas” finais entregues ao Papa, como resposta à sua convocação da Assembleia para ouvir o Episcopado e outros participantes sobre o tema da nova evangelização para a

Proposições da Assembléia Sinodal - Bento XVI


Seg, 29 de Outubro de 2012 08:06 por: cnbb

O Sínodo dos Bispos sobre a Nova Evangelização foi encerrado no sábado, 27 de outubro, no Vaticano. No final da sessão de trabalhos, o papa Bento XVI proferiu um discurso aos Padres Sinodais, anunciando que decidiu, depois de muito refletir e orar, transferir a competência sobre os Seminários da Congregação para a Educação Católica para a Congregação para o Clero, e a competência sobre a Catequese da Congregação para o Clero ao Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização.

"Seguirão os documentos relativos em forma de Carta Apostólica Motu Proprio para definir os âmbitos e suas respectivas faculdades. Peçamos ao Senhor para que

A Paróquia perfeita



Seg, 29 de Outubro de 2012 13:47 por: cnbb
 Imagem:Internet

Dom Murilo Krieger
Arcebispo de Bahia e Primaz do Brasil
Conta-se que um jovem procurou, um dia, um eremita, isto é, uma dessas pessoas que vivem retiradas do mundo, isoladas, em meio a sacrifícios, orações e jejuns. Os eremitas não fogem do mundo para procurar Deus, mas levam o mundo em seus corações para, na oração, interceder por seus irmãos e irmãs que lutam, sofrem e procuram a vontade do Senhor. O jovem falou-lhe de sua decepção com a paróquia de sua cidade. Afinal, sonhara tanto com uma comunidade ideal, sem defeitos e sem

domingo, 28 de outubro de 2012

CNBB: Fruto de um grande amor



Dom, 28 de Outubro de 2012 07:37 / Atualizado - Dom, 28 de Outubro de 2012 07:43 por: cnbb

É impossível pensar na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) sem recordar a figura do Arcebispo de Mariana (MG), dom Luciano Mendes de Almeida. Na entidade, ele foi Secretário Geral por dois mandatos (1979-1986) e Presidente, também por dois mandatos (1987-1995).



Em outro momento, foi membro da Comissão Pontifícia Justiça e Paz (1996-2000) e da Comissão do Secretariado para o Sínodo (1994-1999). Foi também vice-presidente do CELAM (1995-1999). Eleito pela CNBB, foi delegado à Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a América, em 1997. Faleceu aos 27 de agosto de 2006.

Apresentamos uma parte do depoimento de dom Luciano no seminário sobre a

Campanha para a Evangelização 2012


Com objetivo de despertar o compromisso com a evangelização e com a sustentação das pastorais, foi criada, em 1998, a Campanha para a Evangelização (CE) pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Com o lema “Eu vi e dou o testemunho: Ele é o filho de Deus” (Jo: 1,34), a CE 2012 se inicia no domingo de Cristo Rei e segue até o 3º domingo do advento, associando a Encarnação do Verbo e o nascimento de Jesus com a missão permanente da Igreja, que é Evangelizar.
Na 50ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, que aconteceu em abril deste ano, em Aparecida (SP), foi decidido que os envelopes para coletas não seriam mais distribuídos pela CNBB. Com isso, os envelopes foram disponibilizados para download, no site da CNBB, com os demais subsídios da CE 2012, como cartazes, postais, folhetos explicativos, adesivos, orações e texto referencial.
O slogan escolhido para a CE 2012 é ‘Evangeli.Já’.

A CNBB está em Festa, parabéns aos nossos Bispos!

A CNBB nasceu assim

Helder_CamaraReproduzimos aqui o depoimento do primeiro secretário-geral da CNBB, dom Hélder Câmara, publicado por ocasião dos 25 anos da Conferência, no jornal O São Paulo (19-25/11/1977), no Comunicado Mensal n. 302, (novembro de 1977) e reeditado, em 2002, no livro “Presença Pública da Igreja”, por ocasião das comemorações dos 50 anos da CNBB. Ele apresenta alguns detalhes dos bastidores da criação da Conferência.


“Os homens se movem e Deus os conduz: eis o resumo das minhas impressões ao recordar o surgimento da CNBB e sua caminhada”

Hoje, é fácil ver como o Espírito de Deus, por meio de movimentos como o Movimento Bíblico, o Movimento Litúrgico e, sobretudo, a Ação Católica (Geral e depois Especializada), preparou o Concílio Vaticano II, completado, para os latino-americanos, pela Assembleia Latino-americana de Bispos, em Medellín.

Hoje, é fácil verificar como aludidos movimentos prepararam o surgimento das Conferências de Bispos, em plano nacional como a CNBB, ou continental como o CELAM (Conselho do Episcopado Latino-americano). O Espírito de Deus queria conduzir-nos à vivência da Colegialidade Episcopal e da co-responsabilidade de todo o Povo de Deus.

O Espírito de Deus, mantendo unida em torno de Cristo e de Pedro a Madre Igreja, santa e pecadora, queria conduzir-nos à vivência correta da Igreja local, em união com a Igreja de Cristo no mundo inteiro, em íntima sintonia com o Santo Padre, e a serviço dos homens, nossos irmãos.

Destacar ações pessoais em face de Movimentos cujo alcance último nem sempre entrevíamos; destacar ações pessoais quando as mesmas ideias andavam na cabeça e no coração de muitos, dá-me uma dupla impressão de apropriação indébita e consequente ridículo.

É verdade que, com 27 anos de idade, em 1936, a Providência me transferiu, de modo inesperado, para o Rio de Janeiro. Aí, fui levado a colaborar com d. Sebastião Leme e, a seguir, com d. Jaime Câmara. Um dia (sou fraco em datas), vi-me nomeado assistente geral da Ação Católica Brasileira. Em uma célebre Assembleia Geral da Ação Católica, os bispos presentes (recordo-me, entre outros, de d. Antonio Cabral, d. Fernando Gomes e de d. José Delgado) exigiram a criação de um Secretariado Nacional da Ação Católica. Lançaram até um desafio fraterno: se o Secretariado fosse fundado, depois de seis meses de funcionamento, os bispos do Brasil se encarregariam de mantê-lo.

Comuniquei a d. Jaime o desafio amável recebido em Belo Horizonte. Ele abençoou a ideia e deu-me carta-branca para agir. Para instalar o Secretariado Nacional da Ação Católica Brasileira fui obrigado a pedir emprestados 50 contos (há uns bons 28 anos) à ASA (Ação Social Arquidiocesana do Rio de Janeiro), que tinha como assistente o queridíssimo irmão pe. Vicente Távora (mais tarde d. Távora), como presidente a Srª. Celina Guinle de Paula Machado e como tesoureiro, o único sobrevivente dos três, Luiz Bettencourt.

Com os famosos 50 contos, alugamos oito salas no inesquecível 16º andar do nº 11 da rua México. Compramos o mobiliário indispensável (uns 3 ou 4 armários, umas 4 ou 5 mesas, uma máquina de escrever). O que estava acima de qualquer preço foi a mobilização de leigos simplesmente admiráveis, devotadíssimos, não a pessoas, mas ao serviço ao próximo, servindo à Igreja. Fui buscar no Instituto do Sal, então presidido pelo atual ministro da Justiça, Armando Falcão, uma criatura-símbolo que permaneceu fiel até ser levada pelo Pai para a Casa da Eternidade, há um mês atrás: Cecília Monteiro. Do primeiríssimo núcleo de colaboradores da Ação Católica Brasileira, precursora da CNBB, continuam na ativa, entre outros, Aglaia Peixoto, Carlina Gomes, Maria Luiza Amarante e Edgar Amarante, Jeanette Pucheu, Vera Jacoud, Frei Romeu Dale... Trabalha na Bélgica Yolanda Bettencourt. Parece-me que é juiz Celso Generoso e deputado, Célio Borja. Um “comigo” (tínhamos mesmo um pacto de unidade) meu irmão d. José Távora. Citei apenas nomes que lembram outros numerosos nomes que recordam dedicações sem conta.

O Secretariado Geral da Ação Católica Brasileira, com o apoio de núncios apostólicos, como d. Carlos Chiarlo e d. Armando Lombardi, e a alta proteção de d. Jaime e de d. Carlos Carmelo de Vasconcelos Mota, começou inclusive a promover Encontros Regionais de Bispos, como o dos prelados da Amazônia e o dos prelados do Vale do São Francisco.

Estava madura a ideia da CNBB. Em um País de dimensões continentais, impunha-se um secretariado que ajudasse os bispos a equacionar com segurança os problemas locais, regionais e nacionais, em face dos quais a Igreja não pode ser indiferente.

Aproveitando um bom pretexto para uma primeira viagem a Roma, fui expor o sonho da CNBB ao então subsecretário de Estado do Santo Padre Pio XII, S. Exa. Mons. Montini. Ia como representante dos anseios de numerosos bispos, e viajei com o apoio precioso do senhor núncio e dos senhores cardeais do Rio (d. Jaime) e de São Paulo (d. Carlos Carmelo de Vasconcelos Mota).

Mons. Montini ouvia os problemas do mundo inteiro, com enorme perspicácia e profundo interesse fraterno. Quando, depois de meia hora, acabei de expor o projeto da CNBB, ele me submeteu a um teste para medir se me moviam segundas intenções de candidatar-me a bispo. Disse-me S. Exa.: “Estou convicto da necessidade da CNBB. Resta-me uma dúvida final: por tudo que eu ouço e sinto, o natural secretário-geral da CNBB seria o senhor. Acontece que a Conferência é de bispos, e o senhor não é bispo”.

Não vacilei um segundo na resposta: qualquer outro poderia levantar aquela dúvida, menos ele, que, sem ter então caráter episcopal, era instrumento de Deus para ligação com o Episcopado do Brasil. S. Exa. sorriu, feliz, sentindo que, nem por sombra, havia subintenções no projeto da CNBB. Lembro-me que já deixei no espírito de mons. Montini a sugestão do futuro CELAM.

Um ano depois da primeira ida a Roma, tive de voltar a mons. Montini para insistir no sonho da CNBB. Ele garantiu que, em menos de três meses, a Conferência estaria criada. Deus se serviu do hoje Santo Padre Paulo VI para a fundação da CNBB e, pouco depois, do CELAM.

Durante dois períodos (de seis anos cada) fui secretário-geral da CNBB. Tivemos nossas primeiras Assembleias Gerais de Bispos e Encontros Regionais memoráveis como os dois Encontros dos Bispos do Nordeste.

Tivemos aventuras maravilhosas como o Concílio Ecumênico Vaticano II. Mas ainda era a pré-história da nossa CNBB. Francisco Whitaker Ferreira, o pe. Raimundo Caramuru e Carlina Gomes deram impulso decisivo para que nossa Conferência imprimisse cunho mais científico à sua programação. Ao 2º secretário-geral, d. José Gonçalves, coube dar embasamento financeiro à Conferência. Passos decisivos para a presente figura da CNBB foram o Vaticano II, o Encontro Latino-americano de Medellín e o fortalecimento da unidade da CNBB, graças aos Secretariados Regionais que cobrem todo o País.

Hoje, nossa Conferência, sob a presidência providencial de d. Aloísio Lorscheider, com a cobertura perfeita de d. Ivo Lorscheiter como secretário-geral, com a dedicação de sempre de assistentes notáveis e de um laicato extraordinário (do qual é símbolo, no momento, Aglaia Peixoto), a CNBB, com as bênçãos de Deus, revela-se sempre mais, à altura da hora difícil vivida pelo nosso país e pelo mundo.

Haja vista a iniciativa das jornadas internacionais para uma sociedade sem dominação, assumida em conjunto pelas Conferências de Bispos da França, dos Estados Unidos, do Canadá, da Ásia e pela Organização de Juristas Internacionais e contando com mais de mil adesões dos cinco continentes e dos setes mares...

Aniversário: Dom Manoel 1º Ano em Petrolina


A Diocese de Petrolina rejubila-se pela alegre e festiva comemoração do aniversário de posse do seu sétimo bispo diocesano, Dom Manoel dos Reis de Farias, na segunda-feira dia 08 de Outubro – Mês Vocacional. Recordamos com alegria àquele sábado, 08 de Outubro de 2011, grande solenidade de acolhida e a concelebração da sua posse, na Igreja Catedral de Petrolina para os Ritos Canônicos e em seguida a posse na Concha Acústica, acompanhada por milhares de fiéis, presentes e através das emissoras de rádio local, em destaque a Voz do São Francisco – Emissora Rural que transmitia desde as primeiras horas a cobertura da solenidade.



Arcebispos, bispos e padres de várias dioceses do Nordeste estiveram presentes em nossa cidade participando com alegria deste importante momento na História da Igreja do Povo de Deus que está em Petrolina. Destacamos também uma boa representação dos irmãos e irmãs vindos de Patos/PB que marcaram presença, além, é claro, dos familiares de Dom Manoel.

Para recordar um pouco, a Porta de Entrada da Diocese foi a Paróquia de São Sebastião – Orocó/PE, que tem como Vigário o Pe. Expedito, que acompanhou o Sr. Bispo em todos os momentos ao lado de Dom Frei Paulo Cardoso da Silva, diáconos, padres e uma grande multidão. Na Serra da Santa – Capela de N. Sra. de Lourdes recebeu como forma de acolhimento, a “Chave da Cidade” das mãos do Sr. Prefeito, com queima de fogos e faixas de boas vindas! Grande também foi à carreata que o acompanhara; destacamos também a presença das autoridades Civis e Militares e presença do Clero da Diocese de Juazeiro/BA.

Ao receber o báculo “cajado do pastor” das mãos de Dom Paulo/Dom Saburido, a calorosa salva de palmas emocionou todos os fiéis presentes na Concha Acústica ao lado da Igreja Catedral, como também a primeira vez que ouvimos a “A VOZ” do nosso novo Pastor, que, inflamado pela emoção, as lágrimas molharam seu rosto... e também o nosso! No dia 09, Dom Manoel presidiu a sua 1ª Missa com Bispo de Petrolina às 09h00min na Igreja Catedral, radiada para toda a Diocese e transmitida ao vivo pela “TV RAINHA DOS ANJOS” via internet.

Ainda ecoa o clamor da juventude naquele dia: “É festa na terra, é festa no céu, sê bem vindo Dom Manoel”, quando um bom número de jovens o recepcionava e o aclamava na Avenida Guararapes na calorosa recepção ao nosso novo Bispo. Que seguiu em carro aberto ao lado de Dom Saburido.

“Servir na Unidade” é o lema episcopal de Dom Manoel, que, também apresenta o programa “Anunciamos Jesus” que vai ao ar de segunda a sexta, às 11h30min na Rádio Católica – A VOZ DO SÃO FRANCISCO – Emissora Rural AM 730. Portanto, todo o “Povo de Deus” que está em Petrolina é convidado para celebrar ao lado do seu Bom Pastor, o 1º Catequista na Diocese, às 19h30min na Igreja Catedral de Petrolina, dia 08 de Outubro – segunda-feira, a Santa Missa em agradecimento a Deus pelo 1º Ano de Pastoreio.

Coordenação Diocesana de Catequese Familiar de Iniciação Cristã.

Você sabe o que é milagre?


Qui, 25 de Outubro de 2012 10:17 por: cnbb
Dom Fernando Arêas Rifan
Bispo da Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney

Milagre é um fato extraordinário, que não se explica por causas naturais, atribuído à intervenção sobrenatural de Deus, para o bem espiritual dos homens. Deus governa o mundo por leis físicas, químicas e biológicas por ele criadas. Daí que as exceções a essas leis por sua intervenção - os milagres - são raras e extraordinárias. Em sua vida terrena, Jesus andou uma vez sobre as águas, mas não sempre; curou alguns cegos, paralíticos e leprosos, ressuscitou mortos, mas não todos. 
Ele usou de milagres para comprovar sua divindade e missão divina.

sábado, 27 de outubro de 2012

Natal em Festa: Nossa Senhoras da Apresentação


Festa da padroeira de Natal tem programação definida


A paróquia da Catedral de Nossa Senhora da Apresentação definiu a programação da festa da padroeira, que será de 11 a 21 de novembro deste ano, com o tema: “Bem Aventurada aquela que acreditou”. A festa está sendo precedida por algumas atividades, iniciadas no dia 22 de outubro, às 19 horas, com a Missa da Graça de Nossa Senhora da Apresentação, presidida pelo Pe. Fabrício Andrade, da Comunidade Canção Nova. Nessa missa, foi feito o

Assembleia Geral da CNBB – 60 anos




Os bispos do Brasil, reunidos em Assembleia Geral (AG), constituem o órgão supremo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). De acordo com o artigo 27 do Estatuto da entidade, a AG é a expressão e a realização “do afeto colegial, da comunhão e da corresponsabilidade dos pastores da Igreja no Brasil”. Pelo artigo 31 do estatuto canônico, a reunião ordinária dos bispos ocorre uma vez por ano, ou em caráter extraordinário quando necessário.

A primeira AG foi realizada de 17 a 20 de agosto de 1953, em Belém (PA). Naquela ocasião, o encontro dos vinte arcebispos do Brasil na época ocorreu simultaneamente ao 6º Congresso Eucarístico Nacional. Pelo primeiro estatuto da CNBB, o encontro dos arcebispos metropolitanos deveria ocorrer a cada dois anos.

Os assuntos tratados em uma AG são variados e relevantes. Desde assuntos pastorais de ordem espiritual e de ordem temporal até os problemas emergentes da vida das pessoas e da sociedade, na perspectiva da evangelização. 

Arquidiocese de Maceió: Encontro de Coordenadores de Catequese


Arquidiocese de Maceió realiza encontro para Coordenadores paroquiais de catequese


No mês missionário, somos convocados a refletir a nossa vocação de discípulos missionários, conforme nos aponta o Documento de Aparecida. Muito mais que refletir, somos convidados a nos re-encantar nosso ardor catequético, isto é, criar espaço para as moções do Espírito e entrar nesse movimento dinâmico. Deixar-se conduzir pelo Espírito, para que o encantamento inicial, a admiração, e tome conta do nosso SER CATEQUISTA.

“Tenho certeza de que aquele que começou em vós uma boa obra há de levá-la à perfeição até o dia de Cristo Jesus.” Fl 1, 6
Aquele que é razão desse encantamento, Jesus Cristo, que um dia nos chamou pelo nome lá onde nos encontrávamos, no cotidiano das nossas vidas, é fiel. Ele

Diocese de Pesqueira: Assembléia de Pastoral e Ano da Fé


Dom José Luiz convoca Diocese de Pesqueira para Assembleia de Pastoral e abertura do Ano da Fé



Por ocasião da reunião ordinária do Clero, hoje (25/11), em Pesqueira, Dom José Luiz, em carta convocatória, anunciou oficialmente a  Assembleia Diocesana de Pastoral 2012, a ser realizada em Pesqueira nos dias 9, 10 e 11 de novembro próximos, bem como a celebração de  abertura do Ano da Fé na Diocese 

A Assembleia deste ano, a primeira sob o governo de Dom José Luiz, acontece com um foco especial sobre o Ano da Fé, com o tema: "ANUNCIAR JESUS CRISTO E TESTEMUNHAR NOSSA FÉ NO SERVIÇO SOLIDÁRIO" e  o lema "A fé que atua pelo amor (Gl 5,6).

A programação da  Assembleia contempla momentos de votação das

EFAIM em Campina Grande-PB


IAM realiza Encontro de Formação para novas lideranças e veteranos em Campina Grande


Será realizado, de 2 a 4 de novembro, o Encontro de Formação para Assessores da Infância e Adolescência Missionária – EFAIAM. O evento pretende reunir lideranças paroquiais e pastorais que queiram assumir, ou já assumem, esta Obra Pontifícia com as crianças e adolescentes. O EFAIAM será no Centro Diocesano de Formação Dom Luís Gonzaga Fernandes (Tambor).

Cúria Romana acolhe dois Bispos da CNBB


Sáb, 27 de Outubro de 2012 13:49 / Atualizado - Sáb, 27 de Outubro de 2012 14:02 por: cnbb



Papa Bento XVI nomeou, neste sábado, 27 de outubro dois bispos brasileiros para  trabalhar em organismos da Santa Sé: nomeou dom Alberto Taveira Correia, arcebispo de Belém (PA), como membro do Pontifício Cor Unum que também conhecido como "Conselho da caridade do Papa" e também nomeou dom Francesco Biasin, bispo de Barra do Piraí-Volta Redonda (RJ) como membro do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso.

Papa agradece aos padres sinodais



Sáb, 27 de Outubro de 2012 12:48 / Atualizado - Sáb, 27 de Outubro de 2012 13:00 por: CNBB/RADIO VATICANO

No final da sessão de trabalhos da manhã dese sábado, 27 de outubro,  Bento XVI proferiu um discurso aos Padres sinodais, anunciando que decidiu, depois de muito refletir e orar, transferir a competência sobre os Seminários da Congregação para a Educação Católica para a Congregação para o Clero, e a competência sobre a Catequese

Sínodo: Mensagem ao Povo de Deus


Sex, 26 de Outubro de 2012 15:24 / Atualizado - Sex, 26 de Outubro de 2012 15:29 por: Rádio Vaticano


Momentos finais do Sínodo dos Bispos sobre a Nova Evangelização, que se encerra no sábado, 27/10, no Vaticano. O penúltimo dia foi de intenso trabalho para os padres sinodais, na presença do Santo Padre. Pela manhã, os participantes aprovaram a Mensagem do Sínodo dos Bispos para o Povo de Deus, na conclusão da 13ª Assembleia Geral. O texto foi apresentado ao público na Sala de Imprensa da Santa Sé, em

V Seminário - Laicato CNBB


Sex, 26 de Outubro de 2012 13:57 por: cnbb


Terminou nesta sexta-feira, 26 de outubro, em Brasília (DF) o V Seminário da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato da CNBB. O evento reuniu todos os Bispos Referenciais dos Leigos e das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) dos Regionais da CNBB, além de representantes do Conselho Nacional dos Leigos, dos Movimentos e Novas Comunidades e da Ampliada das CEBs.

A primeira parte do seminário foi dedicada a um estudo sobre a

Ir ao encontro...


Sex, 26 de Outubro de 2012 09:55 por: Rádio vaticano

Como a Igreja Católica pode responder à indiferença daquela parcela da população que não crê, que se afastou na religião ou que nunca a conheceu? Quem responde as perguntas é o arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cardeal Raymundo Damasceno Assis.

“Eu acho que é importante que nós saiamos ao encontro do nosso povo, sobretudo nas periferias de nossas grandes cidades. O Brasil, e eu diria a América Latina de modo geral, passam por um processo cada vez mais forte de urbanização. As populações estão se concentrando nas grandes e médias cidades. Hoje, no Brasil já cerca de 80% da população está vivendo nas

Novos cardeais para a Igreja



Sex, 26 de Outubro de 2012 07:44 por: cnbb

O Papa Bento XVI anunciou no final da Audiência Geral desta quarta-feira um Consistório para a criação de seis novos Cardeais, no dia 24 de novembro, na vigília da solenidade de Cristo Rei.

São eles: Dom James Michael Harvey, Prefeito da Casa Pontifícia, que Bento XVI nomeará

Identidade e Fundamentos da Fé: o credo



Ter, 23 de Outubro de 2012 08:06 por: cnbb
Dom Pedro Carlos Cipolini
Bispo de Amparo (SP)

Introdução
Hoje vivemos uma fé exposta a todo tipo de intempérie e o ato de crer não é nada evidente, pelo contrário, é bastante obscuro até mesmo para quem crê.  Crer se opõe a saber, pois o saber da certeza baseada em evidências. Na fé temos menos segurança porque a fé pertence à ordem da convicção íntima. A fé pertence à ordem da convicção pessoal, daquilo que não se discute e tão pouco se pode compartilhar.

Sempre houve no mundo, certo ateísmo existencial, mas pela primeira vez na história, a partir do século XIX surgiu um ateísmo sistemático e militante.

A ideologia contemporânea confia no saber/ciência e se mostra desconfiada com as crenças, às quais reputa inferior. No entanto o ato de crer faz parte de nossa vida cotidiana e até mesmo da

Nossa Senhora da Conceição


Sex, 26 de Outubro de 2012 07:56 por: cnbb
Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
O dia 26 de outubro é especial na história da Igreja Católica e, sobretudo, na vida de muitos irmãos, que encontraram esperança e amparo na Providência Nossa Senhora da Conceição. A Providência foi instituída há exatos 60 anos, no dia 26 de outubro de 1952, pelo então pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, da Lagoinha, monsenhor Juvenal Honório dos Santos, com o intuito de socorrer os pobres, auxiliar os menos favorecidos, promover o amparo moral e a formação da juventude.

As razões que motivaram esse passo dado há 60 anos se entrelaçam e se encontram com aquelas que devem mover os governantes e cidadãos na caminhada rumo à edificação de uma sociedade mais justa e solidária. A iluminação que tocou a mente do Monsenhor foi

O Rosário da Virgem Maria



Sex, 26 de Outubro de 2012 07:41 por: cnbb
Dom Canísio Klaus
Bispo de Santa Cruz do Sul (RS)

No final de outubro, muitas comunidades invocam a bênção para as capelinhas de Nossa Senhora e fazem o envio das zeladoras para que promovam a sua visita a todas as famílias católicas. Junto a isso, é reforçado o convite para a oração do Terço, uma vez que outubro, além de ser o mês das Missões, é também o mês do Rosário. Uma das mais eficazes formas de ser missionário e manter viva a chama da fé no coração das pessoas é, certamente, a visita da capelinha de Nossa Senhora associada à oração do Terço.

A oração do Santo Rosário, que é um conjunto de quatro Terços, tem sua origem no

Jesus te chama



Sex, 26 de Outubro de 2012 07:24 por: cnbb
Dom José Alberto Moura
Arcebispo de Montes Claros
O grito de alguém necessitado de cura é importante. Mostra confiança, necessidade de ajuda e vontade de superar os próprios males. Deus sabe de tudo o que precisamos. Ele não precisaria de nossa oração. Muitos até questionam:

Congresso Teológico Continental


Qui, 25 de Outubro de 2012 13:14 por: cnbb
Dom Demétrio Valentini
Bispo de Jales

Foi surpreendente a participação no Congresso Teológico Continental, realizado nas dependências da Unisinos, em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. A expectativa era de trezentos participantes.  Mas o número chegou a 750, e não foi maior por motivo de espaço no salão das conferências.

Foram cinco dias intensos, com programação para cada dia, alternando grandes conferências de manhã e de noite, com oficinas temáticas, painéis diversos, e apresentação de trabalhos teológicos na parte da tarde. Todas as atividades sempre precedidas de momentos de espiritualidade, que aconteciam também nas celebrações litúrgicas em horários antecipados.

Um clima de grande interesse, de atenção às temáticas apresentadas, e de esforço de captar bem a caminhada feita por beneméritos teólogos e teólogas da América Latina, sobretudo a partir do processo de renovação conciliar, que

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

1º Seminário de Rádio de Petrolina


Petrolina sedia seu primeiro seminário de rádio

Nesta quinta feira, 25, 19 horas, a Rádio Voz do São Francisco, Rural Am, promoveu seu primeiro seminário de rádio no auditório do centro cultural Dom Bosco. Três palestrantes enriqueceram importante discussão entre radialistas e jornalistas quanto  à instrumentalidade do rádio como imprensa, força midiática, limitações e perspectivas, pela ordem de horário, Cléo Niceas, Tereza Leonel e Jota Meneses.
A pedagogia do radio em três painéis.
Num primeiro momento, o primeiro palestrante, presidente da asserpe, organismo principal de radiodifusão em Pernambuco, Cléo Nicéas, discorreu para os seminaristas do encontro, a força midiática, as novas tecnologias, a digitalização dos veiculos em ondas médias dando exemplo da marca muito forte da radio rural Am por sua história que coincide nesta celebração de cinquenta anos no ar. A necessidade de acompanhar os novos tempos sem perder a essência da prestação de serviços, o bom jornalismo. Cléo, na oportunidade, por ser estudioso do assunto, sugeriu

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Ministério Ágape: 25 é o dia.... Amanhã Adoração do Senhor


NESSE MÊS, IMPRETERIVELMENTE NA IGREJA DA COMUNIDADE AUXILIADORA, EM VIRTUDE DA REFORMA NA IGREJA MATRIZ DE SÃO PAULO. GENTILEZA COMUNICAR E REPASSAR O AVISO.

Nesse dia 25 (Quinta-feira) é o nosso compromisso com o Senhor Jesus: Dia de Adoração à Jesus no Santo Sacramento na Igreja da Comunidade Auxiliadora, em virtude da reforma da Igreja Matriz São Paulo Apóstolo.

Conforme nossa programação todo dia 25 de cada mês, em comemoração e agradecimento pelos 45 anos de Missão e Evangelização de nossa querida Paróquia no ANO JUBILAR, estaremos em oração durante todo o dia. Confiram: 

Encontro Nacional de Assessores da Pastoral da Juventude


Abertas inscrições para Encontro Nacional de Responsáveis de Juventude


Encontro_Nacional_de_Responsveis_de_JuventudeOs responsáveis adultos de (arqui)dioceses, movimentos, congregações, comunidades, pastorais e organismos que trabalham com juventude terão um momento único de comunhão e diálogo sobre a evangelização dos jovens no Brasil. De 29 de novembro a 2 de dezembro de 2012, em Brasília (DF), acontecerá o Encontro Nacional de Assessores da Pastoral Juvenil, promovido pela Comissão para a Juventude da CNBB.

Tendo em vista o objetivo de contribuir com os assessores na missão de acompanhar os jovens na educação da fé, são convidados

Educação Permanente - CNBB


Comissão para a Educação e Cultura discute articulação e atuação na sociedade


 
1reuniaocomissaoTeve início na tarde desta terça-feira, 23 de outubro, na sede das Pontifícias Obras Missionárias (POM), em Brasília (DF), a reunião ampliada da Comissão Episcopal Pastoral para a Educação e Cultura da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O encontro reúne 23 pessoas, entre os bispos integrantes da Comissão, os assessores dos setores ligados a ela (Universidades, Educação e Ensino Religioso) e os bispos e assessores referenciais nos 17 Regionais da CNBB.

O presidente da Comissão, dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, abriu o evento destacando os pontos-chaves a serem discutidos. “O objetivo do encontro é estabelecer com clareza as exigências do processo de

CIMI desmente suicídio coletivo de indígenas


Qua, 24 de Outubro de 2012 13:50 por: Rádio Vaticano

Cimi-logo-marron2O Conselho Indigenista Missionário (CIMI) publicou uma nota em seu site onde desmentiu um suposto suicídio coletivo de indígenas das tribos Kaiowá e Guarani, de Pyelito, no Estado do Mato Grosso do Sul. O CIMI atribui a divulgação da notícia na imprensa e redes sociais a uma interpretação equivocada da expressão “morte coletiva” utilizada em carta divulgada pelos indígenas.

O CIMI esclarece que

Ética em diálogo - Dom Walmor


Dom Walmor apresenta novo livro “Ética em diálogo” - 29 de outubro

Imprimir
tica_em_dilogo1O livro "Ética em diálogo", do arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, será apresentado no próximo dia 29, segunda-feira, às 9h, auditório 4 - campus Coração Eucarístico, em Belo Horizonte (MG). O lançamento ocorre durante a abertura da Semana de Filosofia do Instituto Dom João Resende Costa, com palestra de dom Walmor sobre o tema da sua obra.

Publicado pela Editora Paulinas, o livro reúne artigos sobre a conduta ética nas instituições, as dinâmicas e os processos que dão forma à sociedade atual. Os textos possuem um

Juventude é tema da CNBB-NE2


Regional de bispo discute em assembléia a juventude

Regional N2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB, realizou importante assembléia sob o tema “A Juventude”, em Lagoa Seca, Campina Grande, Paraiba, entre os dias 17 e  20 deste mês.
A Diocese de Petrolina se fez presente no evento com seu bispo, Dom Manoel dos Reis de Farias, além dos jovens padres, Givanildo Souza e Cristiano Dias, e mais, os leigos, Luciana e Junior, colaboradores da Coordenação da Juventude aqui na cidade.
Dom Manoel, ressaltou a importancia da assembléia quanto ao que o jovem cristão enfrenta no cotidiano, “o racismo, o bulling escolar, a condição sócio-economica, sobretudo nesta região sertaneja”, denunciou o bispo de Petrolina.
Dom Manoel, está “com boa expectativa sobre a semana missionária”, que vai acontecer em janeiro próximo, pré evento da Jornada Mundial da Juventude que se realiza em julho de 2013 com a presença do papa, Bento XVI.
Por Marcelo Damasceno

Rádio a Voz do São Francisco - Emissora Rural 50 Anos!


A Emissora Rural nascia um ano e seis meses antes da instalação do regime militar, 1962, por uma canetada do Presidente Jânio Quadros.

Governador Nilo Coelho
O processo de tramitação e posterior concessão pública de rádio, dormia em esplêndida gaveta da Presidência da Pepública. Juntava-se isso aos delírios de Jânio e seu humor etílico com uma grave crise que se desenhava a partir da desconfiança velada dos quartéis ante as estrupilias do presidente anterior, Juscelino Kubstchek, muito avançado pro gosto Udenista, legenda simpatizante do verde oliva. Um outro mineiro, no governo federal,  o habilidoso jovem chefe de gabinete, José  Aparecido aparecido, que avalizara o sonho daquele bispo insistente, Dom Antonio Campêlo, tirar do sono a sonhada rádio dos caatingueiros, emissora rural, para comunicar e evangelizar.
Concessão feita pelo presidente Jânio, radio feita em Petrolina. Sob a condição de comunicar e evangelizar.  Transmissores verticalizados, espremidos por baraunas e canafístulas, abraço de macambira e indiferença dos imbuzeiros distantes   do muquém, emissora rural no ar.
Primeiros locutores contratados,        gestão administrativa já determinada por Dom Campêlo, o segundo passo era honrar o aval do mineirinho aparecido, evangelizar.
Em 1964,

Reta final do Sínodo


Entrevista exclusiva com Dom Leonardo Steiner


domleoBispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário geral da CNBB, Dom Leonardo Ulrich Steiner é um dos cinco padres sinodais brasileiros. Na tarde desta terça-feira, 23 de outubro, ele concedeu entrevista na qual faz um balanço dos trabalhos e projeta o final do encontro com seus reflexos para a Igreja no Brasil. Dom Leonardo atendeu a assessoria de imprensa da CNBB na Domus Sacerdotalis, em Roma, local onde está hospedado o grupo dos bispos brasileiros.


Dom Leonardo foi eleito na última assembleia dos bispos em Aparecida para representar o país neste importante acontecimento da Igreja juntamente com o cardeal arcebispo de São Paulo, dom Odilo Scherer, dom Geraldo Lyrio Rocha, arcebispo de Mariana (MG) e dom Sergio da Rocha, arcebispo de Brasília. Também participa do Sínodo, nomeado pelo Papa, dom Benedito Beni dos Santos, bispo de Lorena (SP).
Leia a entrevista.

Os bispos brasileiros formam um só grupo de trabalho no Sínodo ou estão engajados em grupos com bispos de outros países?

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Delegação vaticana irá à Síria depois do Sínodo




padres_sinodaisO Sínodo dos Bispos apresentou, nesta terça-feira, a lista única das proposições. Trata-se de um esboço do documento final que será emendado e votado no próximo sábado.

Os padres sinodais fizeram um apelo pela libertação de três sacerdotes católicos seqüestrados na última sexta-feira, na República Democrática do Congo (RDC). Abordado também foi o envio da delegação do Sínodo à Síria. Tempos e modalidades dessa visita serão anunciados em breve. No entanto, dada a gravidade da situação, o envio será adiado para o final da assembleia sinodal e haverá algumas mudanças na composição da delegação, por causa dos compromissos de seus membros. Os padres sinodais manifestaram solidariedade ao povo sírio

Congresso ecumênico reúne assistentes espirituais de hospitais



13cong-acaehb1Começou nesta terça-feira, 23 de outubro, no Mosteiro de Itaici, em Indaiatuba (SP), o 13º Congresso Brasileiro Ecumênico de Assistência Espiritual Hospitalar, promovido pela Associação Cristã de Assistentes Espirituais Hospitalares do Brasil (ACAEB), com o apoio da Arquidiocese de Campinas e Centro Universitário São Camilo. O tema do encontro é “Assistência Espiritual em Hospital hoje”.

A programação, que segue até a próxima sexta-feira, 25/10, prevê debates sobre bioética, novos paradigmas para a saúde; Bioética e espiritualidade na saúde; O hospital público e o serviço de capelania; O ‘SUS’, propostas e desafios hoje; Assistência espiritual em hospital hoje; e, Como formar uma Capelania Hospitalar.

A ACAEB reúne membros de diferentes igrejas cristãs que realizam a assistência espiritual e religiosa aos doentes que estão internados. A entidade defende que tal atendimento é indispensável para um conceito de saúde integral.

O evento também recebe o apoio da Pastoral da Saúde do Regional Sul I da CNBB. Representa a Arquidiocese de Campinas no congresso o padre Norberto Tortorelo Bonfim.

Animação missionária e comunicação será tema de curso no CCM


Ter, 23 de Outubro de 2012 10:23 / Atualizado - Ter, 23 de Outubro de 2012 10:32 por: cnbb


CCMCom o objetivo de promover a formação dos agentes que participam dos conselhos missionários, o Conselho Missionário Nacional promove o 2º Encontro de Formação para COMIDIs (Conselho Missionário Diocesano) e COMIPAs (Conselho Missionário Paroquial). O evento será realizado no Centro Cultural Missionário (CCM), em Brasília (DF), de 14 a 18 de novembro.
Para o presidente do Conselho Missionário Nacional e da Comissão Episcopal para a Animação Missionária da CNBB, dom Sérgio Braschi, os membros destes conselhos são chamados a assumir um autêntico espírito missionário numa época em que